Entenda como o 3TC se assemelha às tecnologias desenvolvidas pela NASA na Estação Espacial Internacional.

O universo é um lugar de extremos: luz, escuro, cheio, vazio, muito ou pouco espaço, quente ou frio. A vida humana tende a florescer no equilíbrio desses extremos: nos adaptamos bem com nossas tecnologias, mas sentimos mais confortáveis em lugares onde as condições consideradas “ideais”. Em geral, a Terra encaixa-se perfeitamente nesse perfil: o planeta é bastante confortável desde que você fique longe do Pólo Sul e não cair em um vulcão. Porém, a mdernidade nos trouxe mais desafios. Agora os seres humanos avançam cada vez mais na exploração do espaço não como visitantes ou controlando máquinas remoatamente, mas como colonos e exploradores, e encontrar o equilíbrio certo para o conforto da vida humana é o maior desafio.

Analisando com mais detalhe a Estação Espacial Internacional (ISS) conseguimos entender de verdade como são empregadas as melhores tecnologias desenvolvidas pelos mais renomados cientistas, e claro: isolamento térmico é uma das mais importantes. Sem tecnologia de isolamento térmico apropriada, a temperatura da Estação Espacial ficaria de um lado com 121 graus e no outro lado 157 graus negativos, o que não seria nem um pouco agradável ou sustentável para os bravos astronautas conseguirem viver lá. Para comportar a tripulação, a Estação Espacial Internacional foi projetada e construída com isolamento e controle térmico de última geração, com o mesmo conteito empregado na fabricação do 3TC. Como resultado, o isolamento para a Estação Espacial Internacional não se parece com o tapete fofo como a lã de vidro e outros que lidam apenas com a condução, o isolamento da Estação tem que ser mais eficiente, leve e fácil de instalar e reparar. A tecnologia empregada é um isolamento multicamada altamente reflexivo (ou MLI em inglês) feita de camadas de Mylar, com vácuo no meio e protegida com dacron.

Acima, à esquerda: o isolamento comum fibroso. Acima, à direita: Isolamento Multicamada utilizado na Estação Espacial Internacional, feito com a mesma tecnologia 3TC. A malha de prata reflexivo é Mylar aluminizado. “O Mylar é aluminizado de modo que a radiação solar não passe”, explica Hong. “as camadas de vácuo são responsáveis por impedir a condução entre as camadas”, continuou ele. Exceto pelas janelas, a maior parte do ISS é coberto com o MLI bloqueando a radiação. “As janelas são um vazamento de calor enorme”, disse Hong, “mas os astronautas precisam deles para a ergonomia e também para suas pesquisas. É algo que temos que considerar no projeto de isolamento térmico.” Abaixo pode-se ver a Espação Espacial Internacional no espaço, com suas tecnologias de isolamento térmico e captação de energia solar visíveis.

 

Fonte: NASA

A cerimônia de entrega da premiação foi organizada pelo Instituto Mineiro de Construção Civil com apoio do INEC, o órgão nacional, aconteceu na última sexta Feira, dia 6 de Maio.

Os diretores da 3TC Isolamento Samuel Figueiredo Andrade e Ricardo Soares Valentini

O Instituto Mineiro de Construção Civil (IMEC) que congrega, aproximadamente, 8.000 associados, com o apoio do Crea-MG e o Instituto Nacional de Construção Civil (INEC) realizou na última sexta-feira a cerimônia de entrega do 14° Prêmio Destaques da Construção Civil. O prêmio distingue empresas da construção civil, serviços de engenharia, varejistas e serviços gerais que se destacaram no ano pela excelência de seus produtos e/ou serviços, de acordo com pesquisa feita pela Contest. A cerimônia aconteceu no espaço para eventos do The One Business Center, e contou com a participação de empresas e setoristas, bem como de instituições interessadas na evolução da construção civil em Minas Gerais, como a Sinduscon. Na cerimônia o presidente do IMEC, Marcelo Fernandes Costa, abriu o evento falando de como a crise tem afetado negativamente o setor e que a solução é unir esforços das empresas do setor para achar novas soluções, reforçando a importância da inovação, sustentabilidade e de obras de infraestrutura no país. A 3TC Isolamento foi a primeira empresa a receber o prêmio neste ano.

O evento contou com a participação do vice-prefeito de Belo Horizonte, Délio Malheiros, que foi homenageado pelo seu trabalho no projeto “Inventário das Árvores de Belo Horizonte”. O projeto envolveu a Universidade Federal de Lavras, a PBH a CEMIG e o Google com o objetivo de conhecer e preservar as árvores da cidade, conhecida como Cidade Jardim. Em sua fala no evento, Délio destacou o trabalho como a mola propulsora da vida de um cidadão e não simplesmente simbólico, e afirmando que todos nós temos de ter o compromisso de engajar na contribuição na cidadania. Para o vice-prefeito, a construção civil e os profissionais são os responsáveis pela construção da nação e da sociedade, com a responsabilidade e o compromisso de serem os verdadeiros timoneiros do país.

A 3TC isolamento foi a única empresa de isolamento térmico e acústico premiada, motivo de orgulho para todos nós. Outras empresas que receberam o prêmio roam a AcelorMittal, Brasmig Mineiração, Bloco Sigma, Premax, Tintas Primor, Schneider Electric, Tramontina, Certsign, Unimed, Othon de Carvalho e a Tuma Comercial. A 3TC Isolamento parabeniza e cumprimenta todas as empresas homenageadas pelo IMEC e reitera que pela união, pela inovação e pela tenacidade conseguiremos sair desse momento ruim que o país vive, e cada vez mais melhorar nosso trabalho como a nossa visão em mente, de revolucionar os conceitos de isolamento térmico na construção civil. Ricardo Soares Valentini, diretor da 3TC Isolamento, destacou o esforço para construir e liderar a empresa: “Há dois anos iniciávamos a produção nacional da tecnologia 3TC e fico muito feliz por ver os resultados de nosso trabalho com este prêmio do IMEC.” Ele ainda destacou que “Este reconhecimento em tão curto tempo indica que a 3TC está no caminho certo para em breve se tornar referência em tecnologia de isolamento térmico e acústico no Brasil.’’

 

Fonte: IMEC

Moradias entregues recentemente já sofrem com danos estruturais e necessitam de reformas.

O programa Minha casa minha vida foi um dos carros chefes da construção civil para famílias de baixa renda envolvendo o governo e empreiteiras, bem como famílias que se enquadram nas características socioeconômicas definidas no programa. O programa prevê diversas formas de atendimento às famílias que necessitam de moradia, considerando a localização do imóvel – na cidade e no campo – renda familiar e valor da unidade habitacional.

O modelo busca viabilizar construções de baixo custo, mas possui diversos problemas em todo o processo que pode ser aprimorado com gestão e seriedade no cumprimento das normas técnicas de construções mais recentes, principalmente a ABNT 15575. Baixo custo não deveria ser baixa qualidade, mas como os projetos de várias das moradias que estão sendo entregues foram aprovados anteriormente à ABNT 15575 ser aprovada em nível nacional, várias das casas e prédios foram feitos com um padrão de qualidade de materiais e de tecnologias empregadas bem abaixo do aceitável. É preciso utilizar materiais que possuem durabilidade e qualidade para suportarem toda a vida útil de uma edificação.

Uma notícia veiculada no site da Globo, afirma que alguns dos cerca de mil apartamentos recém-inaugurados do programa, já apresentam problemas em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Moradores reclamam de infiltrações bem como outros problemas, como mostrou o RJTV. Os prédios foram entregues em abril. “Isso tudo é material de péssima qualidade, a força da água quebra os canos”, disse o morador Marcelo Dias. Numa região quente como o Rio de Janeiro, a utilização de isolamento térmico deveria ser obrigatória em todas as construções.

A 3TC isolamento está engajada com novas tecnologias inovadoras e sustentáveis e acredita que é possível construir casas ou apartamentos de baixo custo com gestão e inovação no processo. A ABNT 15575 vem para melhorar a construção civil no Brasil e melhorar a performance das construções em isolamento, melhorando o conforto e a valorização das edificações a longo prazo. O ideal seria que possíveis compradores de um imóvel receberem uma ficha técnica com os materiais empregados para entender a qualidade da moradia que está comprando, sabendo exatamente das vantagens e desvantagens do método de construção e das tecnologias escolhidas pela construtora, envolvendo desde o conforto térmico à eficiência energética e sustentável da edificação. Tudo isso influencia no valor e no custo benefício de um imóvel, e nem sempre é bem pesquisado no ato da compra.

Não é segredo para ninguém que o ano de 2015 foi bem difícil para a Construção Civil no Brasil. O desaceleramento econômico e os problemas que o Brasil passa tem dificultado muito para empresas tradicionais e principalmente as periféricas à construção civil. Na 3TC Isolamento, este período tem sido de muita inovação e superação, com a empresa crescendo em meio às dificuldades do mercado, mas cada vez mais conquistando seu espaço e notoriedade. O IMEC – Instituto Mineiro de Engenharia Civil é uma organização sem fins econômicos, que atua na defesa dos engenheiros civis, participando ativamente das decisões nos diversos órgãos para questões ligadas à área. Tem como missão a união da classe, a capacitação técnica e a melhoria da qualidade das construções, patrocinando estudos e eventos que proporcionem mais segurança, economia e tecnologia nas obras e serviços. Resultando na integração e no aperfeiçoamento profissional de nossos associados.

Fundado em 1990, o IMEC tem uma história de apoio e incentivo à classe oferecendo cursos de especialização reconhecidos nacionalmente, realizando eventos que valorizam a engenharia civil, lutando por um tratamento equânime e respeitoso nos órgãos públicos ou defendendo a integridade das nossas atribuições junto ao CREA. Estas são as marcas da associação que mais tem crescido em Minas Gerais.

Este mesmo instituto premiou a 3TC Isolamento como destaque na construção civil na categoria Materiais de Insumo, por conta da inovadora tecnologia patenteada 3TC, e é com muito prazer e felicidade que nosso diretor de negócios Ricardo Valentini receberá o prêmio dia 06/05, em cerimônia organizada pelo IMEC para a entrega do prêmio. Isto nos incentiva cada vez mais a pensar no caminho correto que temos trilhado, almejando um futuro de muitas outras conquistas. Temos confiança que a tecnologia em isolamento térmico e acústico 3TC será referência nacional na área com toda nossa dedicação.

A pesquisa realizada para a entrega do prêmio é feita pela empresa Contest, referência no mercado, e ouviu engenheiros, empresários filiados. É levado em conta a especialização, a qualidade dos produtos, a demanda e o acolhimento da marca. Dentre as empresa premiadas no passado estão a Belgo Bekaert, Suvinil, Direcional, Patrimar, AcelorMittal e Precon.

 

Fonte: IMEC