A manta de isolamento térmico é um componente usado em imóveis residenciais e comerciais para diversas funções, como o isolamento térmico do telhado. Muitas vezes, é aplicada em telhados e tem o objetivo de proteger o espaço interno contra o aumento de temperatura. Para aproveitar ao máximo essa possibilidade, é preciso reconhecer os diferentes tipos.

Feitos com materiais variados, também cumprem a função de formas específicas. Depois de explorar as características de cada opção, fica mais fácil entender qual é a melhor alternativa.

Para que não restem dúvidas, vamos ajudá-lo a conhecer os principais tipos de manta térmica. Confira!

Quais são os benefícios de usar uma manta de isolamento térmico?

Antes de explorar as possibilidades disponíveis, é interessante pensar nos pontos positivos associados a essa instalação. Com a escolha correta, o espaço só tem a ganhar. Veja quais são as maiores vantagens de recorrer aos tipos de manta térmica!

Isolamento da radiação

A radiação térmica é a principal vilã nos ambientes internos. As ondas eletromagnéticas enviadas pelo sol aumentam muito a temperatura de superfícies como as paredes e o teto. Como consequência, há um aquecimento no interior.

A manta térmica, por outro lado, ajuda a conter esse resultado. Por meio de uma atuação reflexiva, faz com que os raios se dispersem, o que evita a transferência do calor.

Diminuição da troca de calor entre ambientes

Outro ponto importante é que a manta térmica serve como isolante. Então, ela diminui ou até elimina a troca que acontece entre os ambientes interno e externo. Isso permite manter a temperatura do lado de dentro constante e agradável.

Essa vantagem é especialmente verdadeira quando é possível evitar todas as formas de transmissão de calor — convecção, condução e irradiação. O item funciona como acontece em uma garrafa térmica, já que impede as trocas indesejadas.

Redução do consumo de energia elétrica

Se o ambiente interno sofre menos com o aumento de temperatura, significa que é preciso usar o ar-condicionado ou os climatizadores com menor intensidade. Não apenas isso: durante os dias frios, os tipos de manta térmica ajudam a manter o calor na parte de dentro, o que diminui o uso de aquecedores.

Tudo isso leva a uma redução no consumo de energia elétrica. Além de aumentar a sustentabilidade, é um meio de diminuir os gastos.

Aumento do conforto térmico

Controlar a temperatura de um local é essencial para o bem-estar das pessoas. Afinal, valores muito elevados colocam em risco a saúde e causam diversos prejuízos e incômodos.

Com a instalação do produto adequado, o interior do imóvel permanece fresco e agradável. Com o conforto térmico, há uma experiência melhor, mais produtividade no trabalho e menos preocupações.

Quais são os tipos de manta térmica?

Para conquistar tais resultados, há diversos produtos disponíveis no mercado. Feitos com materiais e tecnologias diferentes, oferecem desempenhos que variam com cada necessidade. A seguir, mostraremos quais são os 5 principais tipos de manta térmica.

1. De lã ou fibra

A manta de lã aparece em rolos e tem uma instalação descomplicada. É feita de lã natural, de vidro, material acrílico ou de rocha.

Embora seja uma solução já consolidada no mercado, serve para impedir apenas a condução. Além disso, pode sofrer com o contato com a umidade e perder a funcionalidade, dependendo do material. Apesar disso, eles são excelentes isolantes acústicos quando são de alta densidade.

2. Em spray

A versão em spray consiste em uma pulverização de material isolante — normalmente, o poliuretano. Por ser um mau condutor térmico, ajuda a evitar essa forma de transmissão de calor.

É uma alternativa prática de ser aplicada, é resistente ao mofo e ainda evita infiltrações. No entanto, exige acesso direto ao teto e modifica a aparência da construção. Em residências, é algo potencialmente indesejado. Além disso, as espumas como o próprio nome já diz absorvem umidade, e podem acarretar sobrepeso na estrutura. Para essa aplicação é extremamente recomendado um cálculo estrutural para não ocorrer problemas no futuro.

Além do poliuretano, existem também as tintas refletivas. Estas são boas refletoras de calor, e podem, em alguns poucos casos, resolver questões de impermeabilização. Ambas as soluções dependem da estrutura do telhado, e são das soluções mais caras do mercado.

3. De alumínio

A versão aluminizada aparece em forma de rolo e deve ser aplicada na estrutura do telhado. Por isso, é mais recomendada para imóveis que ainda estejam em construção.

Como ajuda na reflexão de raios, combate a irradiação, principalmente. Embora tenha uma aplicação fácil, exige a impermeabilização do telhado e não protege contra outras formas de transmissão de calor. Ademais, os foils (mantas aluminizadas) são mais recomendados para aprimorar na impermeabilização inferior de telhados do que necessariamente como isolamento térmico de qualidade.

Lembre-se sempre de consultar a especificação técnica desses produtos, pois em muitos casos essas mantas podem não ter a eficiência desejada.

4. Placa de espuma

A placa de espuma é feita com um material isolante, como o poliestireno. Deve ser instalada diretamente na laje para garantir o isolamento térmico. Como aparece em diversas densidades e tamanhos, atende a necessidades variadas.

Tem boa vida útil, mas apresenta foco apenas na transmissão por condução. Então, imóveis em áreas com grande incidência solar veem poucos resultados em isolamento térmico.

Acrescentando, as placas de EPS (isopor) são também frágeis tanto na instalação quanto à ação do tempo, amarelando e perdendo eficiência ao longo de sua vida útil.

5. Manta Térmica 3TC

O 3TC traz uma tecnologia exclusiva e que permite a proteção contra todos os tipos de transferência de calor. Por ser feito de poliestireno, o produto é isolante térmico e evita a condução. Além disso, é revestido com lâminas refletivas e barra 97% dos raios infravermelhos. Como controla a entrada de fluidos devido às camadas de materiais, ele consegue combater a convecção, sendo um ótimo aliado de climatizadores que dependem disso para serem eficientes.

Também tem boa durabilidade, fácil instalação, resistência à água e ao mofo e versatilidade. Para completar, ajuda a obter atenuação acústica, sem se esquecer da sustentabilidade.

Trata-se de uma solução completa tanto para ambientes residenciais, quanto comerciais e industriais. O resultado vem na forma de um conforto térmico estendido, graças ao controle rígido de temperatura.

BAIXE AQUI NOSSO MANUAL PARA INSTALAR MANTA TÉRMICA DE SUBCOBERTURA EM ESTRUTURAS METÁLICAS

Como escolher a melhor manta de isolamento?

Como mostramos, os diferentes tipos de manta térmica apresentam características bem distintas — da fabricação e instalação aos resultados. Portanto, para fazer uma boa escolha é preciso ter atenção aos produtos disponíveis.

Em alguns ambientes, pode ser necessário contar com a proteção contra apenas um tipo de transmissão de calor. No entanto, o melhor é recorrer a uma alternativa completa e que ajude a evitar os impactos de todos os processos. Além de tudo, é preciso pensar na durabilidade e na facilidade de instalação.

Escolher o 3TC, portanto, é algo que traz versatilidade para atender à maior parte das necessidades. Após a aplicação, será possível notar impactos positivos no controle de temperatura, de modo a atingir os objetivos com a construção.

Quais os benefícios das mantas de isolamento térmico?

Como você viu, há vários tipos de mantas acústicas. Cada uma delas é feita com um material específico com características próprias. Portanto, é impossível falar de todas elas. Por esse motivo, vamos focar nos principais tipos e mostrar quais se destacam em cada critério a seguir. Confira!

É feita de material reciclável

Antes de tudo, é importante que você compreenda o conceito de reciclagem e reutilizar. Com isso, você não fará confusão na hora de ler um anúncio de mantas termoacústicas. Reciclar significa reprocessar aquele produto para que ele entre novamente como matéria-prima no ciclo produtivo.

Por exemplo, quando falamos de reciclagem de alumínio, isso significa realizar as tarefas de retirada de impurezas e, depois, derreter o produto novamente para que ele possa ser usado no mesmo ou em outro produto.

Por sua vez, reutilizar implica a utilização daquele material para outra função. Exemplificando, nas obras, é muito comum que utilizemos os rejeitos de concreto e tijolo como agregado. Com essa ação, estamos dando um novo uso par algo que descartaríamos. Por fim, ainda há a possibilidade da recuperação do produto à sua funcionalidade.

A reciclagem é uma das melhores formas de gestão do lixo, pois reduz a quantidade de matéria-prima a ser explorada pelas indústrias. Portanto, se você se preocupa com o meio ambiente, dê preferência a eles. Além disso, nada impede que um material reciclável seja utilizado para a reutilização, mas nem todo reutilizável pode ser reciclado.

No caso das mantas, materiais, como a lã de vidro, a lã de rocha e as espumas geralmente não são recicláveis. Por outro lado, alguns polímeros orgânicos, como o EPS do 3TC, e os foils de alumínio são materiais com métodos de reciclagem antigos com baixíssimo impacto ambiental.

Bloqueia a entrada de sujeira e insetos

De forma geral, todas as mantas ajudam no bloqueio de entrada de insetos e resíduos. No entanto, algumas são mais eficientes que as outras. Por exemplo, os foils de alumínio são aplicados muito rentes às paredes e telhas, ou seja, não dão volume suficiente para cobrir frestas e buracos maiores.

Já as mantas de vidro, rocha e 3TC podem ajudar bastante nessa tarefa. Afinal, elas apresentam uma espessura razoável e são altamente conformáveis. Com isso, são capazes de evitar espaços livres que permitem a entrada de insetos nos ambientes internos.

O único material realmente desvantajoso nesse sentido são as espumas mais porosas. Elas podem ser danificadas pelos insetos e acabarem servindo de ninho. Eles aproveitam o ambiente mais quente desse isolamento e procriam com mais facilidade. Também, elas apresentam o inconveniente de permitir o acúmulo de muitos ácaros e mofos.

Previne infiltração

Somente as mantas impermeáveis são capazes de prevenir as infiltrações. Entre os tipos que explicamos acima, somente o 3TC e o alumínio se enquadram nessa categoria. No caso do 3TC, a sua camada refletora é feita com metais não-corrosivos, o que traz muita resistência à umidade.

As espumas e as lãs absorvem água com facilidade e podem contribuir para o agravamento das infiltrações. Por essa razão, também apresentam um risco mais elevado de mofo.

Como fazer o isolamento térmico do telhado?

Formas de instalação

Há várias formas de instalar uma manta nos telhados:

  • colagem — o isolante será fixado diretamente nas telhas por meio de algum produto químico ou método físico. Normalmente, isso traz uma agilidade e praticidade muito maior, mas uma maior dificuldade de substituição;
  • spray — o próprio produto isolante vem dentro de sprays, que são aplicados sobre a superfície das telhas. Apresenta as mesmas desvantagens do item anterior;
  • encaixe — a pressão exercida pelas diferentes peças fixam a manta no telhado. Esse é o caso do método “sanduíche“, quando duas camadas de telhas são instaladas com a manta no meio. Também, ocorre quando utilizamos a pressão das telhas nas vigas para fixar a manta ou quando instalamos o material dentro das lâminas de drywall;
  • parafusamento — as peças são pregadas nas telhas e nas vigas. Nesse caso, o parafuso passa pela manta para permitir uma fixação maior.

O método de instalação vai depender do tipo escolhido. Portanto, há alguns materiais mais versáteis e outros não. Por exemplo, os foils de alumínio só podem ser colados enquanto o 3TC permite todas as formas, exceto o spray.

Um isolamento mais adaptável apresenta muitas vantagens, pois você pode utilizá-lo nos mais diversos modelos de telhados e com diferentes tipos de telhas.

Tipos

Os isolantes térmicos também contam com outras apresentações, como as placas. Ao contrário das mantas, elas são mais rígidas e não conformáveis. Elas podem ser empregadas em superfícies que não têm muitos ângulos e curvaturas. Nos melhores fornecedores, podem ser dimensionadas sob medida para que você gaste somente o material realmente necessário.

Outra vantagem importante das placas é a maior diversidade de espessuras, o que aumenta a potência do isolamento térmico. A seguir, apresentamos uma lista de sugestões para o uso de cada espessura:

  • 10mm — manta térmica de subcobertura (abaixo das telhas) e laje superior; Painéis térmicos;
  • 20mm — Dutos de ar-condicionado e forro estruturado nas terças e painéis de manta térmica de subcobertura;
  • 50mm e 75mm — painéis frigoríficos e/ou outros equipamentos para refrigeração;
  • 100mm — frigoríficos e similares para congelamento.

Desse modo, você deve analisar o uso da estrutura antes de definir o material a ser escolhido. Por isso, é imprescindível contar com um bom fornecedor, pois ele dará toda a consultoria necessária para que você tenha o máximo de sucesso na obra ou na reforma.

Como escolher o isolamento térmico ideal para telhados

A escolha do material do isolante térmico para telhado deve sempre feita com base no tipo mais eficiente disponível no mercado. Desse modo, ele garantirá uma alta eficiência e poderá ser facilmente empregado em várias etapas do seu projeto.

Nesse quesito, o 3TC se destaca, uma vez que foi desenvolvido com a mais avançada pesquisa científica da NASA para as roupas de astronautas, os quais se submetem a muitas variações de temperatura no espaço. Com ele, além de uma camada de EPS reciclável para evitar a condução do calor, há duas lâminas refletoras impermeáveis capazes de barrar até 97% da radiação térmica.

Depois de conhecer os tipos de manta de isolamento térmico para telhado, o recomendado é procurar soluções mais eficientes que métodos tradicionais. Ao mesmo tempo, não se esqueça das normas de segurança da construção civil para obter o resultado ideal.

Para fazer a melhor aquisição, solicite um orçamento ou mande uma mensagem no WhatsApp e veja como podemos ajudar!

 

28 respostas
    • 3TC Isolamento
      3TC Isolamento says:

      Joana, obrigado pela pergunta, Entregamos para todo o Brasil. Basta apenas nos informar sua necessidade, metragem quadrada, que enviamos um orçamento. Caso prefira, envie um e-mail para comercial@3tc.com.br, nosso telefone é 03135680513 e pelo site em www3tc.com.br/orcamento você consegue nos enviar diretamente uma solicitação de orçamento

      Responder
  1. Antonio
    Antonio says:

    Preciso diminiur o calor em uma estrutura de 30 m2 com telhas em policarbonato, posso ficar por baixo ou por cima, por cima vai ficar expota a chuva e vento, como fixar por baixo e quanto custaria o material para 30 m2 ?

    Responder
  2. Charles Danilo Lopes Leite
    Charles Danilo Lopes Leite says:

    Boa noite. Quero aplicar a manta para isolamento térmico em uma varanda com cobertura de fibrocimento e forro de gesso. Nessa varanda incide muito sol da tarde. A area aproximada é de 32 metros quadrados. Podem me enviar um orçamento?

    Responder
  3. Wanderson de Freitas Barbosa
    Wanderson de Freitas Barbosa says:

    Tenho um comércio de 130 metros quadrados, tenho uma telha de zinco, preciso melhorar a temperatura do ambiente. Qual o material que utilizo?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *