Saiba as vantagens e desvantagens de um forro de madeira e se é a melhor solução para você

Elemento capaz de gerar conforto e ainda agregar beleza aos ambientes, o forro de madeira atende todos os estilos. Do clássico ao rústico, é um revestimento que alia funcionalidade e estética.

A madeira é caracterizada por ser um material heterogêneo, suas propriedades físicas como resistência mecânica e dureza mudam significativamente dependendo da espécie ou mesmo do corte. Porém, de uma maneira geral, podemos dizer que é um material higroscópio, ou seja, absorve água facilmente e é biologicamente perecível. Dessa forma, é fundamental o tratamento da madeira para evitar ataques de insetos e a presença de microrganismos, além é claro, do verniz ou tinta para proteção.

Tipos de forros

Madeiras Naturais: são muitas as opções de forros no mercado. Para escolher a madeira mais adequada ao ambiente é preciso considerar a iluminação, qual é o estilo que se pretende naquele local, quais as exigências em termos térmicos e acústicos. Em residências, os tipos mais utilizados são o pinus, cedro, perobinha, cumaru, jatobá e ipê. Essas madeiras possuem boas propriedades de densidade e facilidade de secagem. A imbuia, jacarandá e peroba rosa aparecem em seguida e são muito resistentes à cupins. Todas elas variam em relação a cores, texturas, valor e trabalhabilidade.

Madeiras industriais: em se tratando de madeiras processadas industrialmente, são encontradas o MDF (Medium Density Fiberboard) e o MDP ((Medium Density Particleboard).  O MDF é um painel de madeira reconstituída, onde as fibras de madeira são submetidas à vapor e pressão, se separando uniformemente para depois serem aglutinadas com resinas sintéticas. E o MDP é uma placa com partículas de madeira, normalmente pinus, com resinas sintéticas prensada sob altas temperaturas.  Os dois materiais possuem boa estabilidade e boa capacidade de absorção de tinta. A principal diferença entre os dois é que o MDF apresenta maior maleabilidade, permitindo a formação de curvas, e o MDP é melhor para ser trabalhado em linhas retas. O MDP costuma ser mais barato que o MDF, porém, por ser mais poroso, absorve mais umidade e tente a se deteriorar mais rápido. São mais utilizados como forros em ambientes corporativos.

Instalação

Os forros de madeira possuem algumas formas de instalação. Podem ser semelhantes aos pisos, utilizando vigas, contraventamentos e tarugamentos. Outra opção são os lambris, que utilizam o sistema de encaixe macho-fêmea, podem ser instalados formando desenhos. Existe também a colocação conhecida como saia-camisa. As tábuas-camisas são emparelhadas e pregadas sob o vigamento. As tábuas-saias são de menor largura, e são fixadas sob as camisas, criando níveis diferentes.

Apesar de a instalação não ser tão complexa, é importante que seja feita por profissional capacitado para garantir um resultado final satisfatório.

Vantagens do Forro de Madeira

Conforto térmico e acústico: a madeira possui propriedades que ajudam na manutenção da temperatura e do nível de ruído do ambiente. No entanto, é bom lembrar que nenhuma opção de forro irá conseguir solucionar sozinho o calor e o som excessivo. Para obter conforto térmicosatisfatório, é indicado o uso de 3TC em conjunto com o forro.

Durabilidade: A madeira é um material que pode durar por muitos anos, se a manutenção for feita de forma correta.

Estética: com inegável apelo estético, dificilmente o forro de madeira irá passar despercebido. Muito versátil, pode decorar todo tipo de ambiente. Vai bem na decoração rustica, moderna, sofisticada ou contemporânea. É um dos materiais mais democráticos em termos de uso.

Facilidade de instalação e remoção: como já foi dito, é um material de fácil instalação, necessitando apenas de mão de obra especializada para a realização de um bom serviço. Se for necessário remover uma parte do forro, não é necessário destruir a peça, como no caso do gesso ou mesmo do PVC.

Variedade: com a possibilidade de combinar as diversas cores e texturas de madeira com as variadas formas de instalação, a madeira é um dos materiais mais versáteis na decoração.

Desvantagens do Forro de Madeira

Custo: alguns tipos de madeira e formas de instalação podem ter valor muito elevado. Isso irá depender das escolhas e características da obra.

Pragas: a madeira é um material que está sujeito tanto a ataque de insetos como de fungos e bactérias. Para evitar que isso ocorra é necessário investir em tratamentos regulares.

Manutenção: Como está mais vulnerável a ataques biológicos e a umidade, é fundamental a manutenção e tratamento regular. Isso inclui a verificação periódica para verificar a presença de cupins, reforço nos tratamentos contra esses insetos e microrganismos diversos, além da aplicação de verniz ou tinta.

Pouca resistência à umidade: Uma das principais características da madeira é ser um material sensível à umidade. Em ambientes úmidos, a madeira absorve agua e se expande, e em ambientes secos, irá retrair. Assim, pode ocorrer de a madeira estufar em caso de grande umidade, desenvolver manchas e fungos provenientes de ataques de microrganismos, levando ao apodrecimento da madeira. Dessa forma, não é recomendável a instalação de forro de madeira em áreas molhadas e com restrição em áreas externas.

Escolher o melhor forro de madeira para sua obra não é uma tarefa simples. São diversas possibilidades e contratar um arquiteto ou um design de interiores para auxiliar nesse momento pode ser uma boa opção. Em se tratando de valores, o preço do forro de madeira pode variar muito, a depender da região do país e da madeira escolhida. É possível encontrar forros a partir de R$ 40,00 mais o custo da mão de obra.

E então, já decidiu qual o melhor forro par a seu projeto? Deixe sua opinião e não deixe de acompanhar a 3TC no Facebook.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer fazer um comentário?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *