Como evitar desperdícios de alimentos em indústrias e empresas? Saiba mais!

Como evitar desperdícios de alimentos em indústrias e empresas? Saiba mais!
calendar_month31/07/2023 view_list

Você sabe como evitar desperdícios de alimentos? O desperdício é um problema global de magnitude alarmante, com implicações sociais, ambientais e econômicas significativas. 

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), aproximadamente um terço de toda a produção de alimentos é desperdiçada anualmente. Assim, indústrias e empresas devem desempenhar um papel fundamental na redução dessas perdas.

Neste artigo, exploraremos estratégias práticas que indústrias e empresas podem adotar para evitar desperdícios de alimentos em suas operações. 

Acompanhe!

O que é o desperdício de alimentos?

O desperdício de alimentos é definido como a perda ou descarte de alimentos que são próprios para o consumo humano. Assim, isso pode ocorrer em qualquer fase da cadeia de suprimentos, desde a produção agrícola até o consumo final. 

Existem diferentes formas de desperdício de alimentos:

  • No setor agrícola: ocorrem perdas durante a colheita, transporte e armazenamento, devido a condições inadequadas, danos causados por pragas ou doenças, ou por padrões de qualidade estéticos impostos pelo mercado. 
  • Nas indústrias alimentícias: o desperdício pode ocorrer durante o processamento, embalagem ou rotulagem dos alimentos. Nos estabelecimentos comerciais, o desperdício pode ser resultado de prazos de validade vencidos, alimentos mal conservados, produtos danificados ou excesso de estoque. 
  • No âmbito do consumidor: o desperdício de alimentos ocorre quando os alimentos são jogados fora antes de serem consumidos devido a compras excessivas, preparação inadequada, falta de conhecimento sobre prazos de validade ou simplesmente por preferências pessoais.

Principais causas de desperdício de alimentos 

Como evitar desperdícios de alimentos

Para saber como evitar desperdício de alimentos, primeiramente deve-se cinhecer as suas principais causas em indústrias e empresas.

Confira:

Excesso de produção

Uma das principais causas de desperdício de alimentos é o excesso de produção. Isso ocorre quando há uma produção maior do que a demanda real do mercado. 

O excesso de produção pode ocorrer devido a previsões incorretas de demanda, práticas agrícolas ineficientes, falta de coordenação entre produtores e varejistas, entre outros fatores. 

Dessa forma, o resultado é o descarte de alimentos que não são vendidos ou consumidos antes de sua deterioração.

Armazenamento inadequado

O armazenamento inadequado de alimentos pode levar à deterioração e ao desperdício. 

Isso porque condições de armazenamento incorretas, como temperaturas inadequadas, umidade excessiva ou falta de ventilação, podem acelerar o processo de deterioração dos alimentos. 

Assim, isso é especialmente relevante em alimentos perecíveis, como frutas, legumes e produtos lácteos, que requerem condições específicas para manter sua qualidade e frescor por mais tempo.

Manuseio incorreto

O manuseio incorreto dos alimentos pode ocorrer em várias etapas da cadeia de suprimentos. Desde a colheita até o transporte, processamento, embalagem e distribuição, a falta de cuidado e práticas inadequadas podem resultar em danos físicos aos alimentos, aumentando o risco de deterioração e perda de qualidade. 

Além disso, o manuseio incorreto também pode ocorrer nos estabelecimentos comerciais, onde alimentos podem ser descartados devido a danos causados por funcionários durante o manuseio.

Falta de planejamento na compra e preparo dos alimentos

A falta de planejamento na compra e preparo dos alimentos é uma causa comum de desperdício nas residências e no setor de food service. 

Compras em excesso, falta de organização na despensa, falta de controle dos prazos de validade e preparo de porções maiores do que o necessário podem resultar em alimentos não consumidos e eventualmente descartados.

Alta padronização de produtos

O excesso de padronização de produtos é um fator que contribui para o desperdício de alimentos, especialmente na indústria e no varejo. 

Padrões rígidos de qualidade estética, como tamanho, forma e cor, impostos pelo mercado ou pelas regulamentações, podem levar ao descarte de alimentos perfeitamente comestíveis, mas que não atendem a esses critérios estéticos.

Falta de conscientização sobre desperdício de alimentos

A não conscientização sobre o desperdício de alimentos pode levar a práticas negligentes de gestão de alimentos. 

Dessa forma, a falta de conhecimento sobre a importância de reduzir o desperdício, suas consequências ambientais e sociais, e a falta de habilidades para planejar e aproveitar integralmente os alimentos, contribuem para o desperdício em diferentes contextos.

Infraestrutura deficiente em cadeias de suprimento

A falta de infraestrutura adequada em cadeias de suprimento pode dificultar a conservação e o transporte eficiente de alimentos. 

A ausência de sistemas de refrigeração adequados, instalações de armazenamento e transporte eficiente pode levar ao desperdício de alimentos devido a danos físicos e deterioração acelerada durante o transporte e armazenamento.

Preferências dos consumidores por produtos visualmente perfeitos

Assim como em algumas indústrias, as preferências dos consumidores por produtos visualmente perfeitos também contribuem para o desperdício de alimentos. Muitos consumidores tendem a escolher produtos que tenham uma aparência atraente e descartam aqueles com pequenas imperfeições.

Isso leva ao descarte de alimentos que não atendem a padrões estéticos, mas ainda têm valor nutricional e sabor.

Como evitar desperdícios de alimentos?

industriaalimentos 2406

Para saber como evitar desperdícios de alimentos, existem várias maneiras que podem ser adotadas. 

Confira algumas delas:

Melhorar o planejamento de produção

É essencial ter um planejamento de produção preciso e eficiente. Isso envolve a análise de dados históricos de demanda, previsões de vendas e conhecimento das sazonalidades do mercado.

Isso porque, ao ter uma previsão mais precisa, as indústrias e empresas podem evitar produzir em excesso e minimizar o desperdício de alimentos.

Gerenciar estoques de forma eficiente

Um controle de estoque adequado é fundamental para evitar o desperdício de alimentos. 

Utilizar sistemas de gestão de estoque, estabelecer práticas de rotação de estoque e acompanhar regularmente os níveis de estoque pode evitar deixar alimentos de lado, tornando-os obsoletos.

Utilizar tecnologia de conservação de alimentos

As indústrias e empresas podem investir em tecnologias que ajudam a prolongar a vida útil dos alimentos. 

Por exemplo, a utilização de embalagens a vácuo, atmosferas modificadas, como com a aplicação de isolamento térmico em locais de armazenamento de produtos, e refrigeração adequada pode preservar a qualidade dos alimentos por mais tempo, reduzindo o desperdício.

Educar e conscientizar os funcionários

Deve-se treinar e conscientizar os funcionários sobre a importância de evitar o desperdício de alimentos. Assim, isso pode incluir programas de treinamento sobre boas práticas de manipulação de alimentos, técnicas de conservação adequadas e a importância do uso eficiente dos recursos disponíveis.

Realizar auditorias e análises de desperdício

Monitorar e analisar regularmente os dados de desperdício de alimentos pode fornecer informações valiosas para identificar os pontos de maior desperdício e implementar medidas corretivas. Isso pode incluir a análise de perdas durante o processo de produção, prazos de validade expirados, produtos rejeitados ou qualquer outro fator que contribua para o desperdício.

Estabelecer parcerias com organizações de redistribuição de alimentos

Ao invés de descartar os alimentos excedentes, as indústrias e empresas podem estabelecer parcerias com organizações que distribuem alimentos para pessoas necessitadas. Isso pode envolver a doação direta de alimentos ou o estabelecimento de programas de redistribuição.

Leia mais conteúdos da 3TC!

Somos uma empresa especializada em climatização e temos como missão quebrar paradigmas e revolucionar os conceitos de isolamento por meio de inovação tecnológica proporcionando versatilidade e eficiência ao alcance de todos.

Gostou do conteúdo? Leia mais no nosso blog!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *