Projeto arquitetônico: conheça todas as suas etapas e importância

You are currently viewing Projeto arquitetônico: conheça todas as suas etapas e importância

Saiba tudo sobre as etapas e o significado de um projeto arquitetônico, assim como a sua relação com a construção civil.

O projeto arquitetônico é o que chamamos de alma da obra. Afinal, é por meio dela que uma edificação segura é feita sem erros, por exemplo. Desse modo, entenda melhor o seu conceito e quais são as etapas que compõem esse tipo de esboço.

Saiba o que é projeto arquitetônico

Antes de se criar algo, de fato, ele é apenas uma ideia. Contudo, ao colocá-la no papel passa a se tornar um projeto. Na área da arquitetura, então, é por meio dele que a obra se aperfeiçoa, portanto:

●       O projeto arquitetônico faz parte do setor de construção civil;

●       Ele é criado a partir do desenho técnico;

●       Funciona como um manual inicial do que será construído.

Nem sempre a ideia é boa, a princípio, do ponto de vista de quem irá comprar. Por isso, é importante saber o que é esse esboço para evitar erros. Afinal, ele mostra de modo mais concreto algo que antes era só abstrato por meio do desenho técnico.

Para que serve o projeto arquitetônico?

Há muitas notícias de prédios que desabaram e de canteiro de obras que paralisaram por falha técnica. É aqui, então, que está a utilidade desse recurso precioso. Em especial, porque ele é um esboço inicial para um bom trabalho, a fim de:

●       Entender o que os clientes querem;

●       Calcular a mão de obra;

●       Estipular um orçamento.

Nota-se, portanto, a importância de um bom planejamento arquitetônico para a obra. Afinal, ele se torna a base de algo muito maior. Além disso, previne erros que podem causar desde rachaduras até acidentes mais graves.

Medição de temperatura 3TC Isolamento

Etapas do projeto arquitetônico

Para não haver erros, esse procedimento tem cinco etapas. Ainda que feitas de forma separada, todas elas se conectam e têm a sua relevância. Isso porque, essa é apenas uma maneira de organizar melhor as ideias e criar um bom projeto.

Quanto mais mentes trabalham juntas, mais perto da perfeição se chega. Entretanto, a sincronia entre cada um é essencial. Por isso, se escolhe a equipe com cuidado para não ter discussões inférteis.

1 – Levantamento de dados e necessidades

Essa fase é o momento de sentar e falar sobre os detalhes com o cliente. Então, anotam-se todos os tópicos importantes, como o terreno e o tipo de obra.

As ideias que ele já tem serão consideradas para montar o projeto arquitetônico. Assim, o principal será:

●       Entender o relevo do terreno;

●       Constatar o clima e a altitude da região;

●       Saber o que a lei permite;

●       Tipo de vegetação;

●       Entender o que o cliente espera que seja feito.

Relevância dessa parte do projeto

Todos esses dados são vitais para se fazer um esboço inicial. Afinal, por meio deles se saberá até onde se pode ir. Além disso, é preciso considerar as expectativas do cliente, uma vez que ele é quem contratou os serviços.

2 – Estudo preliminar

Essa é a chamada fase de criação, pois é a hora de colocar as ideias no papel. Portanto, maquetes e desenhos técnicos serão feitos para esboçar a obra em formato visual:

●       As informações da etapa anteriores já foram analisadas;

●       Tudo é feito a partir das condições dadas pelo cliente;

●       São apenas os primeiros traços do projeto;

●       Envolve a participação do cliente.

Opinião do cliente é o norte do arquiteto

Nem todos gostam de trabalhar com limites quando se fala em criar algo. No entanto, as condições do cliente dão as direções do projeto arquitetônico, evitando, então, a falta de ideias.

3 – Anteprojeto

Note que se o estudo preliminar é o rascunho do projeto, o anteprojeto é o esboço. Afinal, ele é o resultado das conversas anteriores, ou seja, dos tópicos tratados naquele momento:

●       Forte presença do cliente;

●       Encaminhamentos finais do projeto;

●       Grandes alterações.

Principal mudança desse momento

É aqui que plantas começam a ser feitas e os materiais definidos. Assim, o projeto arquitetônico está muito próximo de receber a aprovação e seguir para a parte legal.

4 – O projeto legal

Qualquer construção tem que ter uma aprovação da prefeitura local. Afinal, existem leis e padrões que regulam esse trabalho, pensando, sobretudo, na segurança das pessoas. O projeto legal, portanto, é o documento encaminhado para esse órgão público.

Nada pode ser realmente testado ou feito sem essa resposta. Por isso, é uma fase burocrática sem modificações ou ajustes, a menos que haja alguma solicitação pela prefeitura em relação a algum ponto específico.

5 – Projeto executivo

Há vários outros planos que envolvem a construção civil além do projeto arquitetônico. Por isso, a etapa executiva se trata da junção de todos eles, usando uma linguagem mais técnica. Aliás, ele é bem mais detalhado do que os outros documentos.

Todos os materiais e cada um dos centímetros são anotados. Dessa forma, o chefe de obra não terá dúvidas quando for construir, de fato. Ademais, é a partir dessa fase que se faz o “as built”, que será entregue ao cliente.

Documento as built

O modo como o projeto executivo é escrito não pode ser entendido por leigos. Entretanto, quem tem o imóvel, tem o direito de saber de cada detalhe sobre ele. Logo, o “as built” é um documento com todos esses dados que são mais detalhados do que a planta.

A importância desse projeto para a construção

O projeto arquitetônico é a melhor garantia para imóveis bem construídos. Suas etapas são longas, todavia, valem a pena no fim. Afinal, a segurança, o conforto e a criatividade que vêm com esse método são únicas.

Através de um projeto de qualidade bem planejado, você terá ambientes efetivamente elaborados, que atendam às suas vontades, evitando desaproveitamento de área. Além disso, com as aberturas escolhidas de maneira adequada, a ventilação do ambiente e a iluminação serão apropriadas, garantindo o conforto e bem-estar.E, para garantir o melhor isolamento térmico para o seu projeto, procure por quem realmente entenda do assunto! Saiba mais acessando 3tc.com.br

Deixe um comentário