EPS Construção Civil: o que é, suas vantagens e desvantagens

EPS Construção Civil: o que é, suas vantagens e desvantagens

A área da construção civil tem vivenciado várias mudanças e inovações em processos nos últimos anos. Essas transformações acontecem devido ao surgimento de novos conceitos, procedimentos e tecnologias que visam aprimorar e otimizar as demandas desse setor.

No caso de novidades em tecnologias, um exemplo é o material EPS construção civil.

Você já ouviu falar nele? Sabe o que é, suas vantagens, desvantagens e aplicações? Neste artigo, abordaremos esses e outros questionamentos sobre o EPS construção civil.

Acompanhe os próximos tópicos!

O que é EPS?

Se reconhece a sigla EPS internacionalmente como poliestireno expandido. Em termos populares, esse termo representa o isopor. Voltando à história, descobriremos que o EPS foi descoberto por dois cientistas (Fritz Stastny e Karl Bucholz) em 1949.

Quanto à composição do material, é de plástico rígido resultante da polimerização do estireno em água.

Por fim, o material forma-se por pérolas de até 3 mm (milímetros) – que se expandem de maneira natural. Essa expansão pode chegar a 50 vezes se comparada com o tamanho original.

Durante todo o processo, se utiliza o vapor. O resultado são pérolas compostas por 98% de ar e 2% de poliestireno.

Como se aplica o EPS na Construção Civil?

Devido a sua eficiência, flexibilidade e versatilidade, pode-se aplicar o EPS construção civil em várias áreas e destinado a inúmeros projetos arquitetônicos.

A seguir, apontamos algumas das possibilidades de uso desse material.

Paredes

A utilização do EPS em paredes potencializa o isolamento acústico e térmico dos ambientes internos. Além de ajudar na redução dos gastos com a construção (cimento, ferro, madeira etc.).

Existem, pelo menos, duas aplicações possíveis do material em paredes:

  • As placas de EPS substituem os tradicionais tijolos;
  • Os blocos de EPS são encaixados para formar a parede.

Forros

Uma aplicação bem comum do EPS é em forros. Por meio dessa utilização, a construção ganha beleza estética, conforto acústico, isolamento térmico e boa iluminação.

Ademais, o material impede a umidade e o consequente aparecimento do mofo. Sem falar que dificulta a propagação do fogo em casos de incêndio.

Revestimentos

A capacidade do EPS em prevenir umidade e mofo, faz com que possa ser utilizado tanto em ambientes internos quanto externos; áreas úmidas ou secas.

Por isso, é indicado para substituir tradicionais materiais de revestimento, como: gesso, cerâmica, pedra, madeira ou cerâmica. O resultado do acabamento fica impecável.

Arquibancadas

Devido à resistência e leveza do isopor, é possível utilizá-lo em arquibancadas de estádios ou ginásios de esportes. Por meio dessa aplicação, a estrutura fica mais leve e flexível.

Dessa forma, o movimento natural das arquibancadas (quando estão lotadas de pessoas) não danifica a estrutura. Isso confere maior segurança para a obra.

Elementos estruturais

O EPS construção civil foi desenvolvido e é fabricado com as características técnicas e densidades ideais – conforme as especificidades e necessidades de um projeto construtivos.

Dessa forma, o material pode ser aplicado em elementos estruturais, como: colunas, pilares, balcões, fundação, alicerce e bancos.

Pontes e viadutos

As grandes e intensas vibrações que impactam pontes e viadutos não são um problema para o poliestireno expandido.

Na verdade, o EPS é indicado para reduzir esses fortes impactos. Na prática, o material é utilizado em preenchimento de elementos estruturais, criação de aterros em solos moles, sustentação de encontros em pontes e viadutos.

Algo que gera durabilidade ao EPS quando aplicado nessas estruturas é a elevada resistência mecânica a deformação, cisalhamento e compressão. Sendo assim, a ponte ou viaduto se torna durável e segura.

EPS na Construção Civil: vantagens e desvantagens

Para uma melhor visualização e entendimento sobre os prós e contras do EPS construção civil, confira a tabela abaixo:

VantagensDesvantagens
LevezaTransporte volumoso
Mais Rapidez na ConstruçãoManutenção especializada
Baixa Absorção de ÁguaRestrição para instalação de sistemas elétricos
Isolamento termoacústico
Flexibilidade

Vantagens

Agora, explicaremos com maiores detalhes cada uma das vantagens apresentadas na tabela que foi apresentada no tópico anterior. Uma delas é que o EPS é reciclável!

Com certeza, você perceberá que os benefícios superam as desvantagens do material.

Leveza

Como dito, o isopor tem 98% da sua composição composta por ar.

Isso gera uma leveza impressionante. Em uma obra de construção civil, materiais leves representam um peso menor sobre a estrutura, bem como a redução de danos vindos com o excesso de peso.

Mais rapidez na construção

O EPS diminui o tempo da obra, sendo uma tendência na construção se segurança e otimização de tempo. Uma vez que não exige que sejam feitas massas de cimento, entulhos, revestimentos etc.

Pelo contrário, as placas são feitas sob medida e encaixadas com grande facilidade.

Baixa absorção de água

Outra grande vantagem do Isopor é a alta resistência à absorção da água. Quando em contato com umidade, o material absorve apenas pequenas quantidades de água.

Sendo assim, o EPS consegue manter as suas características mecânicas e térmicas. Além disso, obtém maior durabilidade.

Isolamento termoacústico

O poliestireno expandido confere um excelente nível de isolamento térmico e acústico.

Com respeito a acústica, o EPS pode ser utilizado em estúdios, hotéis e edifícios residenciais localizados em avenidas movimentadas.

Já no aspecto térmico, o isopor ajuda o equilíbrio nas temperaturas dos ambientes internos.

Flexibilidade

Em virtude da leveza e flexibilidade, o poliestireno expandido permite que as edificações sejam reformadas ou reconstruídas com muita facilidade.

Portanto, sem a necessidade de quebrar paredes, gerar grande quantidade de entulho ou sujeira.

Desvantagens

Após analisar com mais calma as vantagens, abordaremos as desvantagens do EPS construção civil. Vejamos a seguir.

Cuidado com normas de segurança

Embora seja um material bem seguro e resistente a propagação do fogo, o poliestireno expandido precisa ser aplicado de maneira adequada.

Por exemplo, não é recomendado que seja instalado em ambientes ou locais que registrem temperaturas acima de 80 graus.

Nessas condições, o isopor comum se torna inflamável. Outro cuidado necessário é em relação a sistemas elétricos. No caso do 3TC Isolamento, ele possui EPS, mas ele possui tratamento para ser considerado não propagante, de acordo com testes realizados pelo IPT.

Para evitar o contato com esses sistemas, é importante usar o EPS com classificação F, que possui tratamento retardante de chamas.

Manutenção especializada

Para elevar a vida útil do EPS, é preciso que realize-se a manutenção por uma equipe especializada. Por que isso pode ser uma desvantagem?

Devido ao gasto com a contratação desse tipo de serviço. No entanto, a relação custo-benefício (ter uma estrutura eficiente e conservada) compensa esses valores.

Restrição para instalação de sistemas elétricos

Como bem ressaltado, o contato do isopor com o sistema elétrico gera o risco de incêndio.

Para evitar isso, além da blindagem citada, é importante que haja planejamento na hora da elaboração do projeto da edificação.

Dessa maneira, fica mais fácil afastar a rede elétrica das estruturas EPS.

O EPS é um dos componentes do 3TC Isolamento: conheça seus benefícios!

A utilização da tecnologia EPS na construção civil é tão eficiente que é incluída na composição do 3TC Isolamento.

Essa é uma solução completa e inovadora. Assim, o resultado é uma cobertura contínua, impermeável e flexível, gerando uma excelente eficiência térmica para todos os sistemas construtivos.

A seguir, apontamos os principais benefícios desse material.

Isolamento térmico de alto poder

O 3TC possui duas películas de uma material chamado Mylar, um polímero refletivo. Devido a isso, 97% dos raios infravermelhos são bloqueados, proporcionando uma barreira contra a radiação térmica.

Toda essa eficiência é possível, pois o isolamento atua em três formas de transferência de calor: condução, radiação e convecção.

Isolamento acústico

Embora o 3TC Isolamento seja focado na melhoria do desempenho térmico das edificações, a sua composição confere também uma barreira acústica.

Em vista disso, os ambientes internos sofrem menos impactos vindos de barulhos de residências vizinhas, avenidas movimentadas e outros tipos de ondas sonoras.

Resistência física e anti-chama

Outro benefício do 3TC é a não propagação de chamas, como mencionado. Na verdade, esse isolamento possui EPS do tipo F, com tratamento para se tornar não propagante.

Por isso, pode-se aplicar com segurança e tranquilidade em indústrias, veículos, estabelecimentos comerciais e em volta de estruturas elétricas.

Banner 3TC Manta Térmica Orçamento

Fácil instalação e ótimo custo-benefício

O isolamento 3TC é tão flexível que pode ser disponibilizado em rolos térmicos ou painéis térmicos.

Isso reduz o gasto com desperdício de material, facilita a instalação (mesmo em estruturas já construídas) e torna desnecessária a contratação de mão de obra especializada.

Além disso, o material não quebra, racha ou danifica facilmente. Pelo contrário, tem uma ótima durabilidade.

O 3TC é uma alternativa de isolamento térmico com EPS!

Vale a pena investir no 3TC Isolamento. Além dos benefícios já citados, essa tecnologia tem ainda as seguintes vantagens:

  • Tecnologia Patenteada;
  • Praticidade de manuseio;
  • Melhor aproveitamento de material;
  • Eficiência térmica;
  • Leve;
  • Produto atóxico;
  • Não propaga chamas;
  • Agilidade na instalação;
  • Resistência à umidade;
  • Estética.

Por fim, o EPS construção civil é um material que trouxe muitas possibilidades para os projetos de edificação.

Seguindo as dicas e sugestões apresentadas, temos certeza de que você fará bom uso dele. No entanto, recomendamos o 3TC Isolamento se deseja um melhor desempenho térmico e acústico.

2 Comentários

  1. Bom dia,

    Estou utilizando a espuma pela primeira vez e pretendo desenvolver um molde para produzir placa de PU para teto.
    A dúvida é, tem algum material que não seja indicado para fazer o molde (ex madeira, acrílico, plástico) ou pode ser feito em qualquer material?
    Outro ponto, posso desenformar em duas horas e aguardar o processo de secagem fora do molde, ou o processo de cura deve ser feito 100% no molde?

    1. Olá Silvana, muito obrigada pelo comentário! Meu nome é Gabrilea e eu faço parte da equipe da 3TC. Qual seria a finalidade da utilização do PU no teto?

      Você já conhece os produtos da 3TC? Nossos produtos têm a flexibilidade de aplicação também em teto, sendo um produto mais leve, flexível e maleável, que apresenta uma maior facilidade de instalação, sem a necessidade de criação de moldes ou outros processos como o de cura e secagem. O 3TC também permite que seja fixado no teto e finalize com outro acabamento de sua preferência.

      Outros diferenciais do nosso produto é que o 3TC não absorve umidade e por isso necessita de menos manutenção em comparação ao PU.

      Vou deixar aqui o link de uma página do nosso site sobre aplicação em forros modulares.
      Nessa página você pode verificar diversas informações sobre aplicação em forros, e inclusive fazer o download de laudos e estudos comparativos.

      Aplicação do 3TC em forros: https://www.3tc.com.br/segmentos/forromodular/

      E caso queira fazer um orçamento ou tirar outras dúvidas, irei deixar nossos canais de atendimento para que você possa falar diretamente com nossos especialistas. Pode fazer por esses mesmos canais:

      Whatsapp: https://www.3tc.com.br/whatsapp/

      Telefone: (31) 3568-0513

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *