Construção a seco: o que é, suas vantagens e desvantagens

Construção a seco: o que é, suas vantagens e desvantagens
calendar_month23/08/2023 view_list

A construção a seco emerge como uma inovação significativa na indústria da construção.

Com sua abordagem inovadora, essa técnica está rapidamente ganhando popularidade, oferecendo uma série de benefícios notáveis que estão transformando a forma como vemos e criamos espaços arquitetônicos.

Neste artigo, vamos apresentar os princípios da construção a seco, suas vantagens e as potenciais limitações. 

O que é construção a seco?

Na construção a seco, monta-se as estruturas utilizando componentes pré-fabricados, eliminando a necessidade de processos de cura lenta. 

Em vez de depender de misturas molhadas que requerem tempo para secar, a construção a seco envolve a montagem rápida e eficiente de elementos pré-fabricados, como painéis, vigas, paredes e módulos completos. 

A fabricação dessess componentes é precisa. A fabricação é em fábricas ou locais especializados e, em seguida, é feito o transporte para o local da construção, onde acontece a montagem para formar a estrutura final. 

Construção a seco: Drywall

A construção a seco em drywall é um método moderno e eficiente de construir estruturas internas, como paredes, tetos e divisórias, sem a necessidade de utilizar argamassa ou cimento úmido. Nesse processo, usa-se placas de gesso acartonado, conhecidas como drywall, para formar as superfícies da estrutura.

A principal característica desse método é a ausência de processos de secagem demorados, já que as placas de drywall são pré-fabricadas e montadas diretamente no local de construção. A técnica envolve instalar uma estrutura de aço ou madeira, onde fixa-se as placas de drywall com parafusos. Em seguida, as juntas entre as placas são preenchidas com massa de drywall e niveladas para criar uma superfície lisa e uniforme.

Esse sistema é amplamente adotado na construção de interiores, oferecendo benefícios como rapidez na construção, menor desperdício de materiais, facilidade de remodelação e a possibilidade de receber diversos acabamentos decorativos, tornando-o uma escolha popular em residências, escritórios e edifícios comerciais.

Como funciona uma construção a seco?

construção a seco

Entenda de forma mais detalhada como funciona a construção a seco:

Preparação e Planejamento

Assim como qualquer projeto de construção, a construção a seco começa com a etapa de planejamento e design. Os engenheiros e arquitetos criam um projeto detalhado, incluindo a seleção de materiais pré-fabricados, dimensionamento estrutural e planejamento das instalações elétricas e hidráulicas.

Fabricação dos Componentes

Os componentes essenciais para a construção a seco tem a pré-fabricação em fábricas ou oficinas especializadas. Isso pode incluir painéis de parede, perfis de aço galvanizado, isolamento térmico e acústico, placas de gesso, entre outros elementos. A fabricação desses componentes é de acordo com as especificações do projeto.

Transporte e Montagem

Os componentes pré-fabricados são transportados para o local da construção. A montagem começa com a instalação dos sistemas estruturais, como os perfis de aço galvanizado, que servirão como esqueleto da estrutura. Esses perfis são fixados de maneira precisa e segura, formando a base para a montagem dos outros componentes.

Integração de Instalações

Um aspecto importante da construção a seco é a integração das instalações elétricas, hidráulicas e de telecomunicações diretamente nos espaços previamente planejados nos componentes. Isso inclui a passagem de fiações, tubulações e dutos pelos espaços estruturais, facilitando a instalação posterior.

Montagem dos Painéis e Componentes

Os painéis de parede, frequentemente compostos por placas de gesso ou outros materiais, são fixados nos perfis estruturais usando métodos mecânicos, como parafusos ou encaixes. Esses painéis podem ser isolados termicamente e acusticamente para melhorar o conforto interior.

Acabamentos

Após a montagem dos componentes estruturais e dos painéis, adicionam-se os acabamentos finais. Isso pode incluir o nivelamento das superfícies, a aplicação de revestimentos decorativos, pintura e outros detalhes de acabamento.

Vantagens da construção a seco

Como já apresentamos, ao eliminar a necessidade de processos úmidos e tradicionais, como argamassa e cimento, esse método oferece uma série de benefícios que vão desde a velocidade até a qualidade e sustentabilidade. 

Abaixo, exploramos essas vantagens em detalhes:

Rapidez na construção

Na construção a seco, se produz os componentes pré-fabricados com precisão fora do local de construção. Isso elimina a espera pelo tempo de secagem, acelerando consideravelmente o processo de construção. Os componentes tem a montagem no local, resultando em tempos de conclusão mais curtos e permitindo que a ocupação dos edifícios mais rapidamente.

Redução de desperdício de materiais

A precisão na fabricação dos componentes pré-fabricados significa que os materiais são dimensionados de forma eficiente, reduzindo consideravelmente o desperdício de materiais. Isso não apenas economiza recursos, mas também contribui para uma construção mais sustentável, onde menos materiais acabam sendo descartados.

Menor impacto ambiental

A construção a seco minimiza a necessidade de utilizar materiais úmidos, como argamassa e concreto, que têm um alto impacto ambiental devido ao seu uso intensivo de energia. Além disso, a redução do desperdício de materiais e a menor geração de resíduos contribuem para uma construção mais ecológica.

Maior limpeza no canteiro de obras

Ao evitar o uso de materiais úmidos, a construção a seco mantém o canteiro de obras mais limpo e organizado. Isso melhora as condições de trabalho para os operários e reduz os riscos de acidentes. Além disso, a falta de resíduos de argamassa e cimento torna a limpeza mais eficiente.

Facilidade de montagem e desmontagem

Projeta-se os componentes pré-fabricados para encaixar perfeitamente, facilitando a montagem e desmontagem. Isso é particularmente vantajoso para projetos que podem exigir expansões futuras ou modificações, já que os componentes possuem fácil remoção e remontagem.

Menor necessidade de mão de obra

Devido à precisão e eficiência da construção a seco, menos mão de obra é necessária em comparação com métodos tradicionais. Portanto, isso resulta em economia de custos para os empreendedores, além de reduzir a dependência de um grande número de trabalhadores no canteiro de obras.

Desvantagens da construção a seco

construção a seco

Embora a construção a seco apresente diversas vantagens, é importante considerar também algumas desvantagens associadas a essa abordagem. 

Essas desvantagens podem variar de acordo com o contexto e os requisitos específicos do projeto. A seguir, examinamos essas desvantagens em detalhes:

Maior custo inicial de materiais específicos

A aquisição de materiais específicos para a construção a seco pode ter um custo inicial mais elevado em comparação com os materiais tradicionais, como tijolos e concreto. Embora a projeção dos componentes seja para eficiência, sua produção e transporte podem gerar custos adicionais.

Menor resistência ao fogo em alguns casos

Em comparação com materiais como o concreto, a construção a seco pode ter uma menor resistência ao fogo em determinados cenários. Por isso, pode-se requerer medidas adicionais de proteção contra incêndios, como a incorporação de materiais resistentes ao fogo ou sistemas de proteção.

Exige mão de obra especializada

A construção a seco exige conhecimentos técnicos específicos para a montagem correta dos componentes pré-fabricados. Isso significa que é necessário contar com mão de obra especializada, o que pode resultar em custos adicionais de treinamento e contratação.

Menor capacidade de absorção de impactos

Em algumas situações, a construção a seco pode apresentar uma menor capacidade de absorção de impactos em comparação com métodos tradicionais de construção. Assim, isso pode afetar a resistência estrutural e a durabilidade da edificação em locais sujeitos a condições severas ou impactos intensos.

Restrições em áreas com regulamentações específicas

As regulamentações de construção podem impor restrições ou requisitos específicos para a construção a seco, dependendo da região. Isso pode limitar a sua viabilidade ou exigir adaptações para atender às normas locais de segurança e qualidade.

Necessita de maior isolamento térmico e acústico

Embora a construção a seco possa incorporar isolamento térmico e acústico, em alguns casos pode ser necessário um esforço adicional para garantir níveis adequados de conforto ambiental. Isso pode envolver a aplicação de materiais isolantes ou soluções técnicas para mitigar o ruído e a variação de temperatura.

Como o Isolamento térmico 3TC pode ajudar? 

O Isolamento Térmico 3TC é uma tecnologia inovadora que oferece uma abordagem avançada e altamente eficiente para o isolamento termo acústico. 

Essa manta térmica é uma das melhores soluções disponíveis no mercado devido à sua capacidade única de proporcionar desempenho superior em isolamento térmico e acústico.

As principais características e benefícios do isolamento térmico 3TC são:

  • Tecnologia Multicamadas
  • Reflexão de Radiação
  • Isolamento Térmico e Acústico
  • Versatilidade de Aplicação
  • Instalação Simplificada
  • Eficiência Energética
  • Sustentabilidade

Conclusão 

Em conclusão, a construção a seco representa uma revolução na indústria da construção, oferecendo uma abordagem moderna, eficiente e sustentável para a edificação de estruturas. 

Gostou de saber mais sobre essa abordagem? Leia mais conteúdos do blog da 3TC!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *